Tratamento de rugas dinâmicas
Cosmiatria

Toxina Botulínica – Tratamento de rugas dinâmicas

O que é a toxina botulínica?

A toxina botulínica tipo A é uma substância biológica obtida laboratorialmente que promove uma inibição do impulso nervoso na junção neuromuscular (nervo com o músculo) resultando em um bloqueio temporário e reversível da contração muscular com relaxamento das fibras musculares no local da aplicação. Ou seja, o músculo não contrai e portanto não forma a ruga na pele.

Quais as indicações para aplicação da toxina botulínica?

É uma substância utilizada em diversas áreas da medicina, como tratamento do estrabismo, condições com espasticidade muscular, enxaqueca, dentre outros. Na dermatologia, utilizamos a toxina botulínica no tratamento das rugas dinâmicas (ou de expressão) e da hiperhidrose (suor excessivo).

Qual a idade ideal para iniciar a aplicação da toxina botulínica nas rugas?

A aplicação deve iniciar quando observamos que as rugas dinâmicas/expressão (que aparecem ao contrair os músculos da face, como os “pés-de galinha” durante o sorriso) já não desaparecem por completo com a face em posição neutra (estática).

Embora exista grande variação entre os indivíduos, na prática observamos que a maioria das pessoas tem indicação para iniciar a aplicação da toxina botulínica por volta dos 30 anos. O melhor resultado é obtido nessa fase, com prevenção da formação de rugas profundas e manutenção de uma aparência jovial e natural.

É um equívoco adiar a aplicação da toxina até que a ruga fique visível com o rosto em repouso (nesses casos, a associação com outras técnicas é necessária e os resultados são inferiores).

Ou seja, o palavra de ordem é prevenção.

Como é realizado o procedimento?

É realizado ambulatorialmente com a aplicação intramuscular (injeção no músculo) da substância nos pontos da face onde há necessidade de relaxamento do músculo. Os locais mais frequentemente tratados são a região frontal (testa) e periorbital (área em volta dos olhos, para os “pés de galinha”). É utilizada uma seringa com agulha curta e fina (semelhante a utilizada para aplicação de insulina).

Para minimizar o desconforto aplicamos anestésico tópico 30 minutos antes do procedimento, crioanalgesia (“gelinho”) e analgesia vibratória antes da picada. Como todo procedimento médico injetável, é necessária limpeza e assepsia do local antes da aplicação.

Quais os cuidados/recomendações após a aplicação da toxina botulínica?

Nas 4 horas seguintes ao procedimento:

  • Não massagear os locais das aplicações
  • Não realizar atividade física

O resultado é imediato?

O efeito de relaxamento muscular e a atenuação das rugas é percebido, em geral, 48 horas após o procedimento.  Há uma melhora progressiva durante os 10 dias seguintes à aplicação de toxina botulínica. Após 10-15 dias do procedimento é realizada uma nova avaliação e, se necessário, aplicação adicional da substância.

Quanto tempo dura o resultado da toxina botulínica no tratamento das rugas de expressão?

A duração é de aproximadamente 4 meses para a maioria das pessoas. Para manutenção dos resultados no longo prazo recomendamos, no mínimo, duas aplicações anuais de toxina botulínica. Em alguns indivíduos os efeitos podem persistir por até 6 meses.

Após realizar uma aplicação de toxina precisarei fazer sempre (“ficarei viciado(a)”)? Quando o efeito da toxina botulínica acaba as rugas ficam piores que no pré-tratamento?

Não. A ação da toxina botulínica na junção neuromuscular é temporária; uma vez restabelecida a contração muscular o padrão de rugas de expressão retomará ao aspecto pré-tratamento. Na prática clínica, ao analisar fotografias de pacientes submetidos a aplicações frequentes e que interrompem a aplicação por algum motivo, observamos atenuação das rugas quando comparados ao pré-tratamento.

Quais as contra-indicações para uso da toxina botulínica?

  • Gravidez e amamentação: a segurança da toxina botulínica não está estabelecida nessas situações
  • Alguns distúrbios neuromusculares raros
  • Processos inflamatórios e/ou infecciosos nos locais da aplicação
  • Histórico de reações alérgicas prévias a albumina humana e toxina botulínica

Quais os efeitos colaterais após aplicação da toxina botulínica para tratamento das rugas da face?

  • Reações locais decorrentes da picada da agulha podem ocorrer: inchaço, vermelhidão, equimoses (“roxinho”).
  • Dor de cabeça: é relatada por alguns pacientes nas horas seguintes a aplicação.
  • Os efeitos decorrentes da ação direta da toxina botulínica são dependentes de fatores diversos, como dose inadequada e migração (difusão) do produto para músculos próximos. Os efeitos são transitórios e em grande parte podem ser corrigidos ou amenizados com aplicações adicionais do produto (por isso é fundamental a reavaliação 10-15 dias após a aplicação). Os resultados indesejáveis mais conhecidos são assimetrias na contração muscular, mudança no posicionamento das sobrancelhas (mais comum é o arqueamento excessivo) e a aparência de máscara. A avaliação criteriosa de cada paciente e o conhecimento anatômico da musculatura facial são requisitos essenciais para os bons resultados.

Newsletter

Cadastre seu e-mail para receber dicas e novidades nos cuidados com a pele.

Segunda a sexta - 9h às 19h

+55 11    38639365

+55 11    30327431

+55 11 950393499

Rua Cláudio Soares, 72 . Sala 106
Pinheiros
São Paulo . SP . Brasil
05422-030